Por que ler Nárnia para as crianças?


Por Mayara Lima:

Muitos conhecem "As Crônicas de Nárnia" através dos filmes lançados há alguns anos. No entanto, eles são baseados em uma série de 7 livros, escrita por C.S.Lewis, que é bastante apreciada por crianças e adultos ao redor do mundo. Seu autor, que foi professor da Universidade de Oxford, cristão, as escreveu de maneira cativante e criativa. Com seus mundos distintos, personagens heroicos e míticos, e natureza exuberante, Nárnia é sempre um estimulo à imaginação de todas as idades. Contudo, quero compartilhar aqui algumas razões para ler “As crônicas de Nárnia” especialmente para as crianças.

1. É uma oportunidade de despertar o interesse delas pela literatura.

A leitura é um hábito desenvolvido. Muitas são as maneiras de tornar essa prática prazerosa e intelectualmente construtiva, mas a maioria dos educadores concordam que a melhor delas é estimulá-la desde criança. Quando comecei a ler Nárnia para meu sobrinho, minha intenção era que ele se interessasse pela literatura de forma que pudesse levar isso adiante. E funcionou! Lewis criou Nárnia a partir de um grande conhecimento literário que sua formação lhe proporcionou. Por conta disso, ao mesmo tempo que Nárnia desperta o interesse do leitor quase que de forma imediata, o livro faz com que ele queira saber cada vez mais da história. Isso fez com que o Nícolas chegasse na minha casa e mudasse o pedido de “ligue a TV no Cartoon Network” para “tia May, lê Nárnia para mim”.

2. É uma opção de entretenimento e uma chance de ter um tempo de qualidade com elas.
Bem mais que os desenhos, a leitura estimula a imaginação, a criação de imagens na mente, as interpretações dos personagens, a concentração, a atenção, etc. Além disso, um livro pode ser levado para qualquer lugar. Também podemos ressaltar que o fato de que um adulto estar participando dessa leitura permite que sejam observadas as mensagens (positivas ou negativas) que as crianças estão absorvendo. Logo, Nárnia, ou mesmo um outro bom livro, se torna uma agradável opção para quem anda preocupado com a quantidade e a qualidade dos desenhos que seus filhos assistem. Além disso, o momento de leitura é uma chance de passar um tempinho especial com eles, dedicando atenção e até se divertindo junto. Eles vão amar.

3. É uma leitura com um caráter didático bastante interessante.

A leitura ajuda as crianças a conhecer seus sentimentos, organizar seus conflitos, e desenvolver suas emoções. Mesmo um menino de cinco anos pode perceber nos personagens de Lewis as consequências dos seus atos, suas falhas, suas qualidades, sua necessidade de perdão, etc. De maneira similar a “O peregrino” (de John Bunyan), podemos perceber nossas próprias atitudes nos personagens de Lewis. É uma oportunidade de ensinar muitas lições para os nossos pequeninos e conversar com eles sobre suas opiniões e interpretações.

4. Sua semelhança proposital com a bíblia.
Foi muito engraçado, enquanto eu lia “O leão, a feiticeira e o guarda-roupas”, ouvir o Nícolas, que também gosta das histórias bíblicas, dizer “Tia May, o Aslam parece Jesus, né?”. Certamente é preciso ter alguns cuidados teológicos aqui. Embora fosse um intelectual respeitado e um grande estudioso da palavra de Deus, Lewis não se considerava um teólogo. Contudo, a relação de Nárnia com a bíblia pode aproximar a mensagem cristã dos nossos pequeninos de uma maneira menos abstrata, pois ela faz isso inclusive com os adultos. 

5. É uma chance de conhecer Nárnia sob uma nova perspectiva.

É difícil lermos um livro mais de uma vez. Ler Nárnia para o meu sobrinho foi muito bom, pois, para poder explicar algumas situações para ele eu tive que analisar com mais profundidade alguns detalhes. Mas, ainda que seja a primeira leitura, é um privilégio reservar para si algum tempo para essa obra e ainda interagir com uma criança. Podemos aprender muito com a visão delas. Como eu já havia lido antes, foi encantador perceber algumas mensagens nas entrelinhas, que da primeira vez eu não tinha visto, e relembrar alguns detalhes que tinha esquecido. Afinal, como o próprio Aslam disse, “Nenhuma coisa acontece duas vezes da mesma maneira”. 

Haveriam ainda mais razões para ler Nárnia para as crianças. Todavia, o importante é saber que é uma leitura prazerosa, saudável, e que sempre tem muito a acrescentar. Ao apresentar essa obra para as crianças estamos proporcionando-lhes diversas lições que elas sempre vão recordar, e ainda dando-lhes a oportunidade de conhecer logo cedo uma obra que terá muito a lhes ensinar nas diversas fases da vida. Afinal, é como seu próprio autor disse: “Não há livro que valha a pena ser lido aos dez anos de idade, que não seja digno de ser lido aos cinquenta".

[Texto de: Mayara Lima; Cristã; Professora de inglês; pós-graduanda em Religiões e Religiosidades; fã de C.S. Lewis, de literatura e teologia. Divide as horas vagas compondo, escrevendo, sendo tia, amiga, irmã, filha, e tentando sempre aprender um pouco mais sobre a vida.]


Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.