EU LI | A escolha de Jake, de Jim&Rachel Britts

“Só me deixe fazer mais uma pergunta, Jake.”
“Qual?”
“Você está verdadeiramente feliz?”
“Não, realmente não”, Jake respondeu com honestidade olhando para o seu reflexo na janela.
“Então, tente entender o que você estava fazendo quando se sentiu feliz pela última vez... creio que você vai encontrar Jesus.”
A escolha de Jake é o segundo livro da trilogia Para Salvar uma vida, publicada no Brasil pela editora BVBooks em 2011. Uma ficção cristã voltada para o público juvenil dentro dos moldes do conhecido YA (Young Adult ou Jovem Adulto), que pelo pouco que sei é o gênero literário que traz em seus enredos contextos de jovens que estão terminando o ensino médio... ingressando na faculdade, procurando o primeiro emprego, descobrindo a sexualidade; e aborda também conflitos familiares, gravidez na adolescência, problema com as drogas etc.

Apesar de não me enquadrar mais no público alvo do livro e esse não ser um gênero que me atrai, eu o valorizo, pois reconheço que os YA´s são uma ótima porta de entrada para adolescentes e jovens à literatura. Eu mesmo me formei como leitora lendo livros infanto-juvenis, um pouco diferentes desses é verdade, mas com a mesma capacidade de passar uma mensagem para aqueles que já não se sentem crianças mas desconhecem (e temem) a vida adulta.

Bom, A Escolha de Jake, começa exatamente no ponto que o volume I encerrou. Jake está indo para a faculdade deixando Amy resolvendo as últimas questões da adoção da filha deles –  Isso mesmo! Eles tiveram uma filha e a deram em adoção. E vamos acompanhando a chegada dele lá, as mudanças que acontecem por causa do ambiente novo etc. Até aí mais do mesmo.

A mocinha ganhou voz

Entretanto lá para o terceiro capítulo ocorre uma mudança na narrativa que permanece em terceira pessoa, porque finalmente os autores resolvem dar voz a Amy. Então, ficamos conhecendo sua história de vida, os conflitos internos por causa da adoção (o que tinha mesmo de ser melhor desenvolvido, já que no primeiro volume me pareceu muito jogada essa questão), seus medos... e seus primeiros passos em direção a fé.

Eu me diverti, mas...

De maneira geral eu gostei do livro, me diverti lendo, é legal perceber os insights do primeiro livro e acontece uma virada na história dos personagens mais ou menos na página 200 que é muito legal. Mas os problemas que já haviam me incomodado no primeiro volume só se agravaram.

Como no outro, este também aborda temas muito relevantes, como: a gravidez na adolescência, drogas, homossexualismo, famílias disfuncionais, abuso sexual... Só que de uma maneira muito superficial, nenhum dilema dos personagens são realmente tratados. Parece que os autores tinham uma lista de assuntos para colocar no livro e infelizmente não focaram em nenhum deles.

Outro aspecto que não gostei nada, algo até que algumas pessoas comentaram comigo quando li o primeiro volume, é a maneira que o evangelho foi exposto. Eu não acho que os livros (ou filmes) de ficção cristã precisam ser sermões, seguir determinadas regras e padrões ou serem panfletários, assim como eu não gostaria de ler uma ficção que fosse um discurso político ou uma aula de psicologia apesar de serem assuntos sempre frequentes nas entrelinhas da literatura. Porém, acho perigoso literaturas cristãs que trazem em suas páginas uma Graça barata: banalizando o pecado, diminuindo o evangelho, depreciando pastores e igrejas tradicionais, e enaltecendo pastores teens e igrejas-palco-shows. Infelizmente esse é o caso de A escolha de Jake, com exceção das cenas de dois personagens secundários: Cari (a sábia e amorosa conselheira) e Buddy (um senhor de idade avançada, cristão piedoso); responsáveis pelos melhores diálogos do livro, e pela mensagem mais proveitosa na minha opinião, que é o bom relacionamento com as pessoas mesmo quando essas são desagradáveis ou de difícil temperamento.

A edição também é um ponto positivo na experiência de leitura. Além das páginas amareladas, boa diagramação e revisão, cada início de capítulo conta com uma imagem do que seria a tela do celular de Jake e/ ou Amy, o que agrega bastante na dinâmica da narrativa.

Leia também minhas impressões de leitura do volume I >>

⏪ Esse livro foi cedido para o Blog pela Editora BvBooks ⏩

***
+ Info: A escolha de Jake | Autores: Jim e Rachel Britts | Editora BvBooks, 2011 | 367 páginas | Gênero: Ficção cristã; YA

Classificação: 3/5 | Compre: Amazon | Skoob: aqui



   
    Alcançada pela Graça de Deus em Jesus Cristo. Nasceu em São Paulo, mas ama morar em BH. Formada em Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria pela PUC/MG e escreve desde que se entende por gente. Café ♥ Livros ♥ Skoob | Twitter | Listography

Instagram