LENDO CONTOS | A partida, de Osman Lins


"Hoje revendo minhas atitudes quando vim embora, reconheço que mudei bastante." 

É bem verdade que eu não li muitos contos nessa minha vida literária, mas baseada nos seis ou sete que li, sei que preciso (e quero) corrigir isso. Inclusive, essa é uma das minhas metas para 2018 "ler mais contos" e é claro compartilhar um pouco dessa experiência aqui no blog.
 
O conto que escolhi para abrir o nosso LENDO CONTOS foi escrito por Osman da Costa Lins (1924-1978), autor brasileiro, pernambucano; que dizem, mesclava a ficção com a sua própria biografia.

A partida, é sobre a rememoração de um homem do dia em que foi embora da casa de sua avó. É muito simples, nem os nomes dos personagens são citados, mas é justamente isso (a simplicidade) que toca o leitor. 

Assim que lido, a necessidade da releitura é imediata para o apego dos detalhes, até mesmo porque é uma narrativa sobre detalhes, os detalhes da convivência do lar, mas não só isso, é também sobre  saudade, juventude, imaturidade, afeto...

Osman Lins (1924-1978)
Recomendo muito!


***
+info: A partida, de Osman Lins | Conto do livro "Os cem melhores contos brasileiros do século", Editora Objetiva, 2001

Classificação: 5/5

Leia grátis: aqui

Compre na Amazon>>



Instagram