EU LI #28 | Meus desacontecimentos, de Eliane Brum


Inicialmente pensei em não escrever sobre esse livro para o blog, mas como não comentar sobre ele? Gostei da leitura, apesar de não me identificar com a visão de mundo da autora. Como assim? Eu explico.

Meus desacontecimentos é um livro de memórias, as memórias da jornalista brasileira Eliane Brum. Infância, adolescência, dores, traumas, momentos delicados... Ela conta a sua história com as palavras, como elas (as palavras) foram essenciais para o seu desenvolvimento, do ventre a fase adulta.
Lembranças não são fatos, mas as verdades que constituem aquele que lembra. Recordações são fragmentos de tempo. Com elas costuramos um corpo de palavras que nos permite sustentar uma vida.
Durante a leitura tive a sensação desconfortável de estar invadindo privacidade alheia. Li com cuidado, sem julgamentos, pois é a vida de alguém ali, confessada. Entretanto, não são as memórias em si que me fizeram gostar do livro, nem mesmo a maneira como Eliane enxerga o mundo – tão clara no livro – pois tenho uma percepção totalmente diferente da vida – diferente mesmo! É a escrita dela. A forma como Eliane Brum escreve é simplesmente espetacular.

Eliane Brum é repórter desde 1988 e dedica seu trabalho a tarefa de contar histórias da vida que ninguém vê, em outras palavras, ela faz notícia de pessoas que jamais virariam notícia no sistema convencional do jornalismo. É um trabalho admirável. Cheguei ao seu livro justamente depois de conhecer algumas de suas reportagens. Sua escrita é profunda, melancólica e rítmica, retratando a realidade – tendenciosa ou não – num estilo muito sensível.

Arrisco em dizer que esse livro alterou a minha forma de ler, e de escrever também. E por tudo isso, eu recomendo muito a leitura, especialmente para quem gosta de escrever, estuda jornalismo ou letras.

A versão digital está disponível gratuitamente aqui.
Saiba mais sobre Eliane Brum aqui


***
+ Info: Meus desacontecimentos: a história da minha vida com as palavras, de Eliane Brum / Editora Leya 2014, 144p. / skoob | compre

★★
Dificuldade: FÁCIL   


3 comentários:

  1. Não conhecia a Eliane Brum. Já tive essa mesma sensação que você quando li um determinado livro, no meu caso infelizmente, nem a escrita da autora me cativou.

    Uma semana abençoada para você. http://coisasdemulhercris.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Val,

      Pois é, as vezes acontece. Mas ainda assim é interessante fazer essas leituras para ir formando um senso crítico sobre alguns assuntos.

      Excluir
    2. Que Deus abençoe você também :)

      Bjim

      Excluir

Deixe seu comentário! Vamos trocar ideias ;)

Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.