EU LI #14 | Se não eu,QUEM? Se não agora,QUANDO? - Alex Marques

domingo, setembro 06, 2015

Título: Se não eu, QUEM? Se não agora, QUANDO?
Autor: Alex Marques
Editora: Missão Macedônia,2015
Páginas: 114
Classificação: ★★★★
Adicione: Skoob
Compre: clique aqui

Sinopse: O velho continente pede socorro: Desde os primórdios da Igreja no Brasil, fomos ensinados pelos missionários que evangelizaram e deram suas vidas para a plantação da Igreja Brasileira, que o "maior abençoa o menor". Isto é, países ricos evangelizam os mais pobres e em desenvolvimento, e os países que estão em desenvolvimento por sua vez alcançam os de terceiro mundo ou mais empobrecidos. Na verdade isso não é o que nos ensina a Bíblia. Muito embora Jesus pregava o evangelho do Reino aos pobres, a salvação é para todos, e foi pelo mundo todo que Jesus subiu na cruz do calvário, e não por uma minoria. O pouco que fazemos em missões, é concentrado nos países da África. Hoje o velho continente que nos evangelizou, passa por mudanças radicais, sofrendo com mudanças políticas, geográficas, conflitos políticos e étnicos. Uma Europa empobrecida a beira do colapso, com uma igreja cada vez menor, enfraquecida pelo secularismo e sufocada pelo Islamismo que cresce tomando a maioria Europa. É hora da Igreja Brasileira acordar e tomar uma posição quanto a visão e obra missionária. O desafio de alcançar a Europa é grande! 

Primeiro trecho do livro...  
"A busca por um emprego gera grande movimentação em diversos setores da sociedade. Centenas de agências de empregos surgem a cada dia. Jornais diários reservam espaço para anúncios. Faculdades oferecem o curso ideal para cada aluno e milhares de pessoas buscam qualificação profissional que lhes garantam um bom emprego. Livros prometendo sucesso profissional são os mais procurados nas prateleiras das livrarias especializadas; cursos preparatórios para concursos públicos estão lotados. Todos em busca frenética pelo sucesso e satisfação pessoal, colocando essas coisas como itens principais e indispensáveis em suas vidas. Entretanto, com muita tristeza, essa mesma corrida não se vê ao anúncio promovido por Deus por intermédio do profeta messiânico Isaías, nem uma prontidão que se assemelhe a do profeta: "A quem enviarei, e quem há e ir por nós? Disse eu: eis me aqui, envia-me a mim" Isaías 6:8" (pg. 17)

Se não eu, QUEM? Se não agora, QUANDO? foi lançado este ano (2015) em Portugal, é o 1º livro do missionário e pastor Alex Marques, que pertence a Igreja Missão QMAE (Quartel Missionário de Avivamento Europeu) em Portugal, onde eu também congrego aqui no Brasil :) É um livro curto, rápido e fácil de ler, o tema é missões. O autor clama a urgência desse tema, esforçando-se em esclarecer alguns dos pontos mais importantes, enfatizando sempre o contexto Europeu.

No 1º Capítulo o autor conta um pouco da sua história, desde sua conversão até pisar no campo missionário, inclusive os desafios de tomar uma decisão tão séria como essa - deixar o emprego, a parentela e o Brasil para cumprir o ide. Ele segue no 2º capítulo conceituando missões e oferecendo ao leitor dados a respeito da realidade Europeia:

"Ao falarmos da realidade Europeia não falamos de apenas um povo, mas de 87 povos europeus distintos, 46 países e outros 10 territórios, e 60 línguas e dialetos diferentes num continente inteiro um pouco maior que o Brasil. E além dos povos nativos, a Europa é também o lar do maior número de imigrantes de todas as regiões do mundo, mais de 70 milhões de estrangeiros." (pg. 32)

Ele explica como o século passado foi devastador para a Europa e como essas nações estão num estado caótico de desesperança - alto índice de suicídio, crise financeira, aumento da taxa de desemprego, um número muito grande de igrejas evangélicas de portas fechadas por falta de pessoas e recursos - no entanto "é comum se pensar que não precisamos ajudar financeiramente missionários na Europa, mas precisamos, e muito mais do que o faríamos se eles estivessem no Brasil já que a nossa moeda tem menor valor de compra lá." (pg. 33)

No capítulo seguinte ele enfatiza que "se não houver quem promova logística para o missionário, ficará quase impossível fazer missões" (pg.36), e para tanto, ele cita algumas formas práticas de promover a obra missionária. No capítulo 4 nos é relatado os desafios de se fazer missões na Europa, outrora berço da teologia ocidental; e no 5º o foco são os desafios propriamente da nação de Portugal que não são poucos. Em Missão Macedônia (6º cap.) o autor conta algumas lições aprendidas no campo e apresenta um pouco do projeto que ele tem desenvolvido em Portugal. 

Essa pequena obra termina com considerações sobre a motivação correta quanto a missões, pois são várias as razões que podem levar uma pessoa a romper uma fronteira geográfica, e uma das perguntas que ele acha profundamente necessária a pessoa que cogita ir para o campo missionário é "Estou indo ou enviado para a glória de Deus ou tem alguma coisa acima disto?"(pg. 76).

>>Minha opinião
Eu gostei muito dessa leitura, "missões" é um tema que me interessa muito e para mim saltou das páginas tanto a responsabilidade que é o campo missionário, quanto a urgência e a beleza de se fazer missões. Precisamos de mais livros assim - não somente de autores do passado - de missionários do nosso tempo, que estão enfrentando a realidade, os conflitos e as barreiras dos dias atuais. Eu indico fortemente a leitura, vejo muito a respeito de missões na África e em países mais pobres - e verdadeiramente devem ser divulgadas e incentivadas - mas muito pouco em relação a Europa. A ordem de Cristo foi que o evangelho deveria ser pregado em todas as nações, não devemos fazer quaisquer acepção de pessoas, e todos nós de alguma forma podemos ser missionários.
  
Alex Marques é missionário, escritor, pai e esposo. Atualmente está no extremo sul de Portugal.

4 comentários:

Deixe seu comentário! Vamos trocar ideias ;)

Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.