EU LI #06 | O cavalo e seu menino, de C.S Lewis


Essa história acontece durante a era dourada de Nárnia, quando Pedro era o Grande Rei de Nárnia e seu irmão Edmundo também era rei, e suas irmãs Lúcia e Susana eram rainhas. 

Shasta é um menino órfão criado por um pescador Calormano chamado Arriche. Um dia eles recebem a visita de um homem chamado de tarcaã que faz uma oferta pelo menino à Arriche, que negocia Shasta como se ele fosse um escravo, pois esta era realmente a sua consideração por ele. Ao ouvir a conversa o menino fica em dúvida entre fugir ou ir com o tarccã, e pensa em voz alta perto de Bri, o cavalo do tarccã. Para a sua surpresa o cavalo começa a falar.

Acontece que Bri na verdade, é um cavalo falante de Nárnia (quem já leu O sobrinho do mago vai compreender melhor, porque os animais de Nárnia falam), e informa ao menino que o "tal tarcaã" tratava-se de um sujeito muito ruim, e que o melhor era fugir. O cavalo sugere que ambos fujam para Nárnia e a aventura começa. Logo nos primeiros dias de fuga Shasta e Bri encontram com Aravis filha de um tarcaã e Huin uma égua falante, que também estão fugindo para Nárnia devido a Aravis ter sido submetida por seu pai a se casar com um homem bem mais velho e mal. Os personagens se juntam na jornada, e durante a viagem eles precisam atravessar a cidade de Tashbaan, e lá Shasta em meio a uma confusão se encontra com os Narnianos, gerando uma grande reviravolta na vida dos personagens.

Eu gostei muito dessa história, o clima é de intensa aventura e mistério, que em nenhum momento ficou entediante. Há uma abordagem muito bonita de vários princípios e valores, que inclusive, é um dos aspectos que mais gosto nas Crônicas de Nárnia, todo um plano de fundo baseado na amizade, humildade, simplicidade, as consequências do orgulho e egoísmo humano etc., e também as incríveis alegorias cristãs por trás dessas histórias. 



" O destino está próximo. Está à porta. Já levantou o trinco." (pg. 285)

"[...] uma das piores consequências da escravidão é esta: quando uma criatura não é mais forçada a fazer as coisas, quase já perdeu de todo o poder de forçar a si mesma." (pg. 251) 

"Você não é propriamente o grande cavalo que pensava ser, por estar vivendo entre infelizes cavalos mudos. É claro que era mais valente e inteligente do que os outros. Mas você não podia ser de outra forma. Isso não significa que será alguém especial em Nárnia. Mas, enquanto souber que não é ninguém em especial, será um cavalo muito honrado." (pg. 257)

Alegoria Cristã
(Adaptado de Eric Fernandes de Mello Araújo)
  • Tema referente à providência divina: Deus trabalhando por trás das cenas
  • Shasta é um menino que vive em uma terra pagã, a Carlormânia
  • Busca pela liberdade
  • Aslam (Jesus) guia Shasta e o protege em sua jornada
  • Semelhanças com o livro bíblico de ESTER: Shasta salva sua nação e Nárnia
  • Contraste entre a Carlormânia (idolatria, escravidão, pobreza etc)  e Nárnia (reino de Aslam, liberdade, riquezas, felicidade etc.)

O cavalo e seu menino foi escrito por C. S. Lewis em 1954 com o título original "The Horse and his Boy". No volume único da WMF Martins Fontes (2011) é a 3º história das Crônicas de Nárnia, e tem 94 pg.

Recomendo muitoooo essa leitura. E se você já leu gostaria muito de saber quais foram as suas impressões, deixe um comentário ou me envie um email kellykdess@yahoo.com.br.



Livro: As Crônicas de Nárnia
Autor: C.S Lewis
Editora: WMF Martins Fontes
Ano Publicação: 2011
Nº Pg: 752
skoob


Nenhum comentário:

Deixe seu comentário! Vamos trocar ideias ;)

Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.